s√°bado, 4 de maio de 2019

CADA PETISTA D√Ā O QUE TEM ūüėé


Desde o longínquo ano de 2002, o PT deu ao Brasil o que tinha.
Sua contribuição é imensa, e durará muito tempo.
Na cultura, o PT destruiu a literatura, a m√ļsica, a pintura, todo o imagin√°vel e o inimagin√°vel tamb√©m.
Na economia, suas gest√Ķes de fachada criaram o caos que todos vivemos. A consequ√™ncia mais evidente do desastre da administra√ß√£o petista s√£o 14 milh√Ķes de desempregados e um pa√≠s parado, administrado por seus estabanados s√≥cios de outrora.

Se estender sobre o legado maldito do PT √© redund√Ęncia, √© conhecido fartamente por todos, em todas as √°reas.
Sobre a justiça, assunto de todos os dias, é clara a herança petista em cada um dos nomes do Supremo Tribunal Federal.

Cada um dos abutres que o comp√Ķem foi indicado ou tem o rabo comprometido com a quadrilha petista e associados.
Ilude-se quem acha que alí tem bonzinho e mauzinho.
√Č s√≥ um jogo. Mocinho e bandido.
O papel de mocinho passa de um pra outro, o de bandido também, e assim o país vai sendo engabelado.

Ninguém dentro desse esquema de poder se salva. Nem poderia, pois a estrutura é podre. Todos sabem o que acontece com uma casa, quando sua estrutura está podre. Mais cedo ou mais tarde, ela cai.


Apesar da derrota escandalosa nas elei√ß√Ķes de 18, eles continuam por a√≠, tentando se manter vivos.

O cheiro é insuportável.